Faculdades Santa Cruz têm pontos de coleta de lixo eletrônico, pilhas e baterias | Faculdades Santa Cruz

Faculdades Santa Cruz têm pontos de coleta de lixo eletrônico, pilhas e baterias

Postada em 3 de agosto de 2018

O desenvolvimento tecnológico proporcionou ao mundo uma verdadeira revolução, porém, também trouxe preocupações relacionadas ao descarte correto de eletrônicos, pilhas e baterias.

Estes materiais não podem ser descartados juntamente com o lixo comum, pois são potencialmente contaminantes, podendo ser muito prejudiciais a natureza e à saúde de homens e animais.

Por isso, as Faculdades Santa Cruz disponibilizam pontos de coleta para eletrônicos, pilhas e baterias. Por intermédio de uma empresa parceira, a PARCS, todo resíduo coletado nas faculdades, é descartado corretamente. O serviço está disponível para alunos, professores, funcionários e para toda a comunidade.

Esta campanha faz parte das atividades do setor de Responsabilidade Social da Santa Cruz, e visa à conscientização da população para o descarte correto desses materiais, bem como para a preservação da saúde e do ecossistema.

O que é lixo eletrônico?                         

Lixo eletrônico é todo resíduo proveniente de descarte de equipamentos eletrônicos, tais como computadores, notebooks e acessórios (teclado, cabos, mousse), celulares, televisores, câmeras fotográficas, impressoras, aparelhos de som, MP3 e MP4, telefones, pen drives, eletrodomésticos em geral, entre outros.

Esses materiais possuem em sua composição substâncias químicas, como o chumbo, o cobre, o mercúrio e o cádmio, que podem acarretar na contaminação da água, do solo e até mesmo do ar, e trazer malefícios a saúde.

Quando descartados corretamente, cerca de 95% dos componentes dos eletrônicos podem ser reciclados ou reutilizados, como é o caso do plástico e do vidro (que demoram longos anos para se decompor em contato com o solo).

Entre os países emergentes, o Brasil é o maior gerador de lixo eletrônico, produzindo 1,4 toneladas destes resíduos por ano.

Pilhas e Baterias

As pilhas e baterias não são consideradas lixo eletrônico, mas o seu descarte também precisa ser feito em local adequado. Do mesmo modo, contém elementos tóxicos (lítio, chumbo, mercúrio, níquel, entre outros), e são considerados resíduos perigosos, altamente prejudiciais ao meio ambiente e à saúde.

Para a correta destinação, deve-se embalar as pilhas e baterias em plástico resistente para evitar o contato com a umidade, e não misturá-las com outros tipos de materiais. Desta forma, a reciclagem consegue recuperar quase 100% desses utensílios de energia portátil.